• Sérgio Gualdi Ferreira da Silva Filho

Pardal x Jobs: um duelo de titãs


Todos conhecemos estes dois famosos personagens, certo? Um vem do plano fictício e o outro do mundo real. Mas, o que eles têm em comum e de diferente? O que podemos aprender com eles? E, afinal, o que isto tem a ver com inovação? Bom, primeiramente, vamos relembrar rapidamente alguns aspectos importantes relacionados a cada uma destas figuras emblemáticas e depois adentraremos na relação personagens x business, ok?

| PARDAL |

É um personagem de ficção, um galo antropomorfo criado em 1952 por Carl Barks para a Walt Disney que surgiu originalmente nos quadrinhos como um amigo do Pato Donald, do Tio Patinhas e de seus sobrinhos, Huguinho, Zezinho e Luisinho. O Professor Pardal é o inventor mais famoso de Patópolis! Mesmo que suas invenções não funcionem sempre da maneira que se espera, suas intenções são sempre boas. Pardal é ajudado frequentemente por Lampadinha, um pequeno androide com uma lâmpada no lugar da cabeça, que é considerado sua maior invenção (ao lado do "chapéu pensador", um dispositivo em forma de telhado com chaminé habitado por corvos, que o ajuda a ter ideias).

| JOBS |

Steven Paul Jobs foi inventor, empresário e magnata americano no setor da informática. Notabilizou-se como co-fundador, presidente e diretor executivo da Apple e por revolucionar seis indústrias: computadores pessoais, filmes de animação, música, telefones, tablets e publicações digitais. Além de sua ligação com a Apple, foi diretor executivo da empresa de animação por computação gráfica Pixar e acionista individual máximo da The Walt Disney Company. Morreu em 5 de outubro de 2011, aos 56 anos de idade, devido a um câncer pancreático.

| RELAÇÃO |

Ambos inventaram várias coisas, né? Contudo, quando se fala em negócios, o ponto de sustentação se dá com a monetização do invento. Nem tudo o que é inventado é aceito no mercado ou gera resultado positivo para a empresa, seja ele financeiro, econômico, social ou ambiental. Invenção e inovação são coisas diferentes! E essas diferenças são evidenciadas pela dinâmica de desenvolvimento de novos produtos que ocorre em qualquer empresa de vanguarda, seja ela uma startup ou uma multinacional. Muitos novos protótipos são criados e testados em pequena escala no mercado, mas nem todos são validados e incorporados ao mix de produtos. A diferença ente aqueles que são bem sucedidos e aqueles que, simplesmente, foram uma tentativa fracassada nos ajuda a conceituar invenção e inovação.

| INVENÇÃO x INOVAÇÃO |

Inventar é criar algo novo e original, mas inovar é dar utilidade ao invento, possibilitando a geração de resultados positivos!

A utilidade das coisas inventadas por Pardal e Jobs os classificam de maneira diferente. Pardal inventou, mas Jobs inovou! Pardal pensava completamente fora da caixa, mas Jobs construía a caixa certa para pensar! Pardal simplesmente materializava suas ideias, mas Jobs materializava suas ideias de acordo com o contexto mercadológico. Sim, é verdade que Pardal não era empresário, mas e daí? Quantas inovações não saíram, literalmente, da garagem de empreendedores? Segundo contam as próprias biografias, Jobs e Wozniak teriam iniciado a Apple na garagem da casa dos pais de Steve. Amazon, Google, HP e Youtube são outros exemplos de negócios que se originaram em uma garagem. O grande desafio é tirar a invenção da garagem e transformá-la em inovação!

Até a próxima reflexão inovadora!

#inovação #invenção #stevejobs #professorpardal #apple

4 visualizações

Copyright © 2016 Escola de Inovação. Todos os direitos reservados.