• Sérgio Gualdi Ferreira da Silva Filho

Pesquisa de tendências como input do processo de inovação


A inovação é um processo que depende de muitas variáveis. Contudo, para tomar as melhores decisões sobre este tema ao longo de cada etapa do processo, é preciso coletar e interpretar as informações de maneira adequada. Desenvolvi meu próprio ponto de vista sobre o conceito e a prática da inovação, cunhando um método chamado de 7i`s da Inovação, que inclui uma etapa de Inspiração na qual se buscam insights que direcionem a definição dos desafios de inovação para a empresa em relação ao seu contexto de negócio. Neste momento, destaco a pesquisa de tendências como ferramenta importante para identificar os movimentos emergentes relacionados diretamente com a estratégia de inovação estabelecida.

Abaixo compartilho algumas dicas para facilitar o trabalho de pesquisa de tendências:

- Defina o universo de tendências a serem investigadas: é fundamental a delimitação das tendências a serem pesquisadas. Um momento de planejamento poupa tempo e acelera a geração de resultados. Não esqueça de definir um escopo alinhado às estratégias de negócio e de inovação.

- Faça uma desk research: uma pesquisa de dados secundários por dois ou três dias lhe dá a oportunidade de entender melhor o universo das tendências investigadas. Faça perguntas, busque respostas, verifique se os fragmentos de informação encontrados apontam, efetivamente, para uma ou mais tendências realmente alinhadas ao escopo.

- Converse com especialistas: falar com especialistas que dominam o assunto eleva o patamar de conhecimento sobre o assunto e possibilita dar maior profundidade à pesquisa. Encontre as pessoas certas e construa seu próprio ponto de vista.

- Observe os sinais comportamentais: o trabalho de campo nos dá as evidências necessárias para constatar se, de fato, o movimento indicado pode ser considerado como uma tendência. O cruzamento das informações obtidas até aqui é extremamente relevante para consolidar a teoria da tendência.

- Aprenda com os resultados parciais: os resultados parciais podem mudar o rumo definido na hora do planejamento. Não tenha medo da mudança se ela for garantir novas e melhores oportunidades de descobertas.

- Registre os resultados e gere conhecimento: os resultados devem ser registrados em uma plataforma única e a consolidação dos mesmos precisa gerar novos conhecimentos que darão alguns importantes insights para ajudar na definição dos desafios de inovação.

Peter Drucker, o pai da administração moderna, dizia que “a melhor maneira de prever o futuro é cria-lo” e eu concordo plenamente com isso. Todavia, me permito fazer algumas sobreposições e adendos a esta afirmativa: para criar o futuro é necessário o pleno entendimento da realidade; para criar o futuro é preciso identificar as tendências relacionadas ao negócio; para criar o futuro é necessário utilizar conhecimento e metodologia para viabilizar inovações que conduzam a empresa até os tempos vindouros.

Até a próxima reflexão inovadora!

#pesquisa #tendências #inovação #insights #inspiração

0 visualização

Copyright © 2016 Escola de Inovação. Todos os direitos reservados.