Copyright © 2016 Escola de Inovação. Todos os direitos reservados.

Porto Alegre/RS

  • Sérgio Gualdi Ferreira da Silva Filho

Definindo a estratégia de inovação


Definir a estratégia de inovação envolve um elevado nível de entendimento sobre o modelo de negócio atual, seus gaps e desafios estratégicos, seu segmento de atuação, perfil de clientes atendidos e não atendidos, além de perspectivas estratégicas futuras. A empresa deve buscar a identificação de temáticas mais aderentes a estratégia corporativa e, nesse sentido, a ferramenta Radar da Inovação, desenvolvida pelo professor Sahwney, da Kellog Scholl, pode ser de grande valia. A ferramenta apresenta 12 áreas nas quais uma empresa pode inovar, desmistificando a ideia de que a inovação está relacionada apenas a produto e processo, que limitada e exclui várias outras possibilidades interessantes. A imagem abaixo mostra as 12 possibilidades de inovação do radar:

Para facilitar o entendimento sobre cada dimensão, vamos dar um exemplo que pode ou não estar relacionado a sua área de atuação. Contudo, quanto mais sairmos da sua zona de conforto que, neste momento, é seu segmento, mais ideias podem surgir e, de certa forma, induzirem a inovação em sua empresa.

A dimensão oferta está ligada ao desenvolvimento de novos produtos ou serviços. Isso significa que quando você passa a oferecer aos seus clientes algo que antes não era possível, você está elevando sua receita! Empresas como Natura e Whirlpool, que é detentora de marcas como Brastemp e Consul, são referências no desenvolvimento de novos produtos.

Quando uma empresa busca a inovação na dimensão clientes, ela deve focar suas atividades em atender um novo segmento de consumidores, até então não atendido. Um exemplo de inovação nesta dimensão é o Habib`s, que estruturou um modelo de negócios de fast food focado nas classes C e D.

A dimensão processo corresponde a ação de redesenhar os processos para elevar a eficiência. Quando uma empresa adota um novo processo, como por exemplo, o Sistema Toyota de Produção, ela passa a ter melhores resultados, reduzindo ou eliminando os desperdícios e o retrabalho.

Já a inovação na dimensão presença está diretamente relacionada a criação de novos canais de distribuição ou pontos de venda nos quais seus produtos ou serviços podem ser oferecidos. A Apple, por exemplo, inovou nesta dimensão quando foi pioneira no lançamento de uma loja própria, cortando o intermediário na venda de seus produtos.

A dimensão marca corresponde a utilização da marca para aproveitamento de novas oportunidades de negócio em outros setores. A Ferrari quando, em parceria com a Acer, lançou um modelo de notebook utilizando sua marca é um excelente exemplo de como inovar nesta dimensão.

A inovação na dimensão plataforma exige a utilização da mesma plataforma tecnológica ou componentes para a criação de novos produtos. A modularidade é a estratégia desta dimensão que tem como exemplo a empresa NET, que oferece internet, telefone e televisão a cabo usando a mesma tecnologia.

A dimensão soluções representa a combinação de produtos, serviços e informação para a criação de uma solução integrada que atenda as necessidades do cliente. A Gerdau, quando lançou o projeto Armafer, é um ótimo exemplo de como inovar nesta dimensão: com este projeto, além de fornecer o aço, a empresa fazia o serviço de corte e dobra, facilitando a vida do cliente.

Inovar na dimensão experiência do consumidor significa repensar a forma como a empresa interage com seus clientes, buscando a criação de novas experiências e sensações. A Starbucks, famosa rede internacional de cafeterias, vende muito mais do que uma xícara de café. Na verdade, muitas cafeterias vendem cafés melhores que os da Starbucks! Contudo ela vende muito mais do que um simples café, pois pensou na construção de um ambiente e em uma forma de interação mais atraente para seus clientes: as cadeiras são confortáveis, a música é agradável, o atendimento é familiar, rápido e o baristas ainda te chamam pelo nome.

Já a dimensão captura de valor está relacionada à redefinição de como a empresa é remunerada por seus produtos e serviços. A Sky lançou a TV por assinatura em uma modalidade pré-paga, dando a possibilidade de o consumidor assinar um pacote por um período de 6 meses e, ao encerramento desta fase, fazer as recargas conforme sua disponibilidade.

A inovação na dimensão organização prevê alterações na estrutura de funcionamento da empresa, podendo abranger desde o escopo de atuação até a forma como ela está organizada. O Sicredi encontrou uma forma interessante e peculiar de trabalho, sendo considerado um case de sucesso e, obviamente, um excelente exemplo de empresa que inovou nesta dimensão.

A dimensão cadeia de fornecimento representa a implementação de novas ideias relacionadas ao fornecimento, a movimentação e a entrega dos produtos ou serviços. A Natura fez história desenvolvendo uma cadeia de fornecimento composta por comunidades de pequenos produtores rurais, resultando em uma cadeia sustentável na qual se baseia toda a produção Ekos.

Inovar na dimensão relacionamento representa a criação de uma nova ligação entre a empresa e seus clientes, proporcionando maiores benefícios e mais eficiência no atendimento. A Otis desenvolveu um sistema chamado REM, que possibilita o monitoramento de seus elevadores em tempo real e 24 horas por dia, permitindo uma rápida identificação dos problemas e dando maior segurança aos usuários.

Como a inovação pode contribuir para o crescimento do seu negócio? Qual o papel da inovação? Qual é a estratégia de inovação mais adequada a sua realidade? Em quais áreas do seu negócio vale à pena inovar?

Até a próxima reflexão inovadora!

#estratégia #radardainovação #inovação #tiposdeinovação

0 visualização